Cultura, Nova Iorque, USA

Memorial 9/11 & One World Trade Center

Memorial em homenagem às vítimas do atentado terrorista de 11 de Setembro de 2001 

 

“No day shall erase you from the memory of time”, em tradução literal: nenhum dia deverá apagá-lo da memória do tempo. A célebre frase do poeta Virgílio foi escolhida – ainda que fora de contexto segundo muitos historiadores – para descrever as 2.996 vítimas do ataque terrorista de 11 de Setembro de 2001.

memorial

No dia 15 de Maio de 2014, o Memorial do 11 de Setembro foi inaugurado em Manhattan, no mesmo lugar em que ficava o complexo do World Trade Center.

Se você tiver apenas um dia, ou ainda 4 horas, em Nova Iorque não pense duas vezes e vá no 9/11 Memorial. O local foi construído para homenagear as vidas perdidas no ataque que parou o mundo em 2001.

O Memorial foi feito em volta de onde ficava uma das torres, em mármore preto, com as inscrições dos nomes das vítimas, com uma vazão de água dentro. Logo ali fora é impossível não se emocionar. O tamanho do vazio que correspondia ao prédio, me fez pensar na estrutura que um dia se ergueu ali e, consequentemente, na brutalidade necessária para derrubá-la e, com ela, milhares de vidas inocentes.

memorial

memorial

Adjacente ao memorial, fica o museu nacional, desenvolvido para reconstruir o fatídico dia. A visitação é cobrada, mas vale cada centavo.

memorial

O trabalho de todos os envolvidos foi primoroso, impecável! Para chegar o mais próximo do significado do que senti precisarei emprestar um adjetivo em inglês: “breathtaking”, de tirar o fôlego!

Eles conseguiram fazer uma reconstrução perfeita do ataque, pois mantiveram intactas algumas partes da estrutura antiga, como vigas, pedaços de aço retorcido e escadas. O que, mais uma vez, impressiona pela força dos metais utilizados e o estado em que eles ficaram, levando mais uma vez à pensar na crueldade e na violência utilizadas para destruí-las. Se o efeito foi devastador com o aço, o que dizer das pessoas?

memorial

A parte mais emocionante e triste para mim ainda não foi esta. Existe uma ala dedicada ao impacto na mídia, ao que estava acontecendo no mundo momentos antes, durante e depois da colisão da primeira aeronave. Vários trechos de jornais televisivos interrompidos por cause do ataque. Apresentadores, repórteres, entrevistadores e entrevistados incrédulos com a notícia ao redor do mundo.

Foi inevitável me lembrar daquele dia. O que eu estava fazendo 15 anos atrás. Eu tinha apenas 9 anos e aula da escola acabou mais cedo.  Ao entrar no carro da minha mãe, sem entender nada, o rádio estava ligado. Uma aeronave havia colidido com um prédio famoso de Nova Iorque, uma nuvem de poeira se alastrava pela metrópole, pessoas choravam, bombeiros e policiais se desdobravam para conter as chamas e evitar a queda do prédio. Cogitava-se o motivo do colapso. Será que tratava-se de um ataque terrorista premeditado?

Mais adiante no museu, pudemos escutar ligações telefônicas dos passageiros dos quatro aviões sequestrados pelo grupo terrorista Al Quaeda, informando os familiares que algo de errado estava acontecendo. Outros, em prantos,  despediam-se.

Um quadro das Torres Norte e Sul indicam pontos luminosos em diversos andares, onde conseguiram captar ligações telefônicas dos trabalhadores para seus entes queridos de dentro dos prédios.

Quantas vozes salvas nas caixas postais e perdidas para sempre…

Ainda que você não tenha passado por isso diretamente, é difícil conter as lágrimas.

Seleção dos principais veículos de comunicação na época:

memorial

Há também vitrines com utensílios, móveis e roupas de apartamentos próximos ao World Trade Center que ficaram imprestáveis pelos detritos e poeira que tomaram a cidade. Só estando lá para compreender as consequências do ataque.

É imperdível para nos fazer lembrar desse episódio repugnante na história norteamericana, porque ao contrário do que muitos pensam nós não podemos esquecer deste e de nenhum outro ataque gratuito à pessoas inocentes.


Horários de funcionamento

Memorial:
7h30m  – 21h (diariamente)

Museum:
Dom – Ter, 9h – 20h (diariamente).
Sex – Sáb, 9h – 21h (diariamente).

O memorial é gratuito, enquanto o museu é pago. Os preços variam bastante, dependendo do tipo de ingresso, da idade e dos benefícios. Vocês podem encontrar os valores atualizados, bem como adquiri-los, aqui: https://www.911memorial.org/visit-museum-1

Na entrada há bilheterias físicas também se preferirem, mas já aviso que vão enfrentar fila, logo se organizem e comprem online se quiserem evitar isso.


Endereço

180 Greenwich Street
New York, NY 10007

Vocês podem ir de táxi, ônibus ou metro. O jeito mais rápido e barato é o metro. As linhas A, C, J, 3, 4 e 5 para Fulton Street e as linhas 2 e 3 para Park Pl. vão levá-los até lá.


One World Trade Center

Por último, mas não menos importante, não percam de ver o One World Trade Center, o imponente e moderno edifício que também foi construído no antigo complexo do World Trade Center. Atualmente, é um dos empreendimentos comerciais mais cobiçados do mundo. Afinal quem não gostaria de trabalhar no coração de Manhattan?

A torre espelhada possui 541 metros de altura e proporciona uma privilegiada vista panorâmica da skyline de Manhattan. Em menos de 60 segundos o elevador leva os turistas ao One World Observatory.

O seu design e projeto contou com a participação de arquitetos do mundo todo, por meio de um concurso internacional, dentre eles o polonês naturalizado americano, Daniel Libeskind. 

One World Trade Center

Além de estar aberto aos turistas para observação, o One World Observatory ainda pode ser locado para eventos. Imaginem fazer uma festa à mais de 500 metros de altura com NY de pano de fundo?

Atenção: O One World  não tem vínculo com o 9/11 Memorial e nem com o Museu.


Ingressos

Os valores dos ingressos para subir no One World Observatory variam muito. Aqui vocês encontram todas as modalidades: https://oneworldobservatory.com/pt-BR/

Infelizmente, eu não fui devido às condições climáticas 🙁 Como viram na foto acima, estava completamente nublado. Na próxima vez que for à NY vou subir lá! Vamos torcer para que o céu esteja azul e sem nuvens para postar uma foto da vista lá de cima para vocês!

Enquanto não tenho foto, assistam ao vídeo promocional deles aqui: https://vimeo.com/136102001

Por motivos de privacidade não é permitido postá-lo aqui 🙁


Endereço

One World Observatory
One World Trade Center
285 Fulton Street
New York, NY 10007
Entrada pela West St. na esquina da Vesey St.


Para maiores informações acessem o site: http://onewtc.com/

Caso ainda fiquem com dúvidas, está disponível online uma lista de perguntas frequentes feitas pelos turistas em português, quem sabe vocês não compartilham das mesmas? https://oneworldobservatory.com/pt-BR/faq/

Espero que tenham gostado do post!

Advogada por profissão, escritora por hobby e viajante por paixão.

4 COMENTÁRIOS

  • Ana, parabéns pelo blog, muito elaborado e com pitadas culturais.

    Responder
    • Obrigada!! Que bom que gostou!! Segunda-feira tem mais 🙂

      Responder
  • Muito lindo, realmente uma bela homenagem e passeio. Quero conhecer

    Responder
    • Que bom que gostou!! Obrigada!! Segunda tem mais 😉

      Responder

ESCREVA UM COMENTÁRIO