Brazil, , Ponta Grossa

(Português) Buraco do Padre: parada obrigatória em PG

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Mais uma furna para a conta do WNP

Sexta-feira é dia de… Fechar a semana com mais um post top da série “Paraná rural”, ou melhor, “Paraná e suas belezas naturais”. Para encerrar com chave de ouro hoje compartilho com vocês o Buraco do Padre em Ponta Grossa. Devo essa descoberta aos meus queridos amigos ponta grossenses: Tia Ana, Tio Rogério, Rodrigo, Fernando e Guga Scheffer (e demais agregados, parentes e amigos). Desde que os conheço me falam do tal Buraco do Padre que faz parte da propriedade deles, inclusive. Eu nunca tinha ido, por falta de organização e tempo, e, jamais por falta de convite. Nesse feriado resolvi parar de adiar e ir visita-lo. A surpresa? Superei 100% das minhas expectativas (que já eram altas). A trilha é curtinha e fechada. De repente ela abre para o Buraco. É muito grande e imponente. Dá muita vontade de entrar na água para conseguir sentir a vibe por completo. Eu entrei e muitas pessoas também. Se joga!

buraco do padre
Foto tirada no meio do caminho para o Buraco. (Foto by Filipe Bender)
buraco do padre
Momentos antes de adentrar no Buraco. (Foto by meu companheiro e fotógrafo oficial Filipe Bender).

O quê é?

O Buraco do Padre é uma furna, com acesso pela base, cortado por uma cascata de 30 metros de altura. A queda d’água desemboca do rio Quebra Perna. O nome foi dado em homenagem aos padres jesuítas que meditavam no local.

buraco do padre

 

buraco do padre
Mais perto da cascata é mais fundo. (Foto by amiga que fizemos na hora haha).

Onde?

Parque Nacional dos Campos Gerais, S/N – Distrito de Itaiacoca, Ponta Grossa – PR, 84110-000

Há 97km de Curitiba.

Apesar da distância ser curta, calcule entre 1h30m e 2h de viagem, tendo em vista os percursos em estrada de terra e terreno irregular. 


Como chegar?

Saindo de Curitiba: Vindo pela Rodovia 277, sentido Curitiba-Ponta Grossa, passar os dois pedágios e ficar atento à segunda fábrica Cargil.

Entrar à direita na Fábrica Makita (em frente à Cargil, que é muito mais visível) sentido Itaicoca. Permanecer na estrada de terra por 10km. Entrar à direita na rua asfaltada e permancer nela por mais 5km.

Você já vai avistar a placa de entrada para o Buraco do Padre. A estrada também é de terra (+- 5km de extensão).

Saindo de Ponta Grossa: O acesso se dá pela Rodovia do Talco (PR 513), km 14. A partir do campus Uvaranas da UEPG, percorra 16km e vire à direita em uma estrada de terra. Depois de 5km virar à esquerda para o acesso ao Buraco do Padre.

Dentro do parque é necessário caminhar por 1km em uma trilha fechada com dificuldades médias para atingir o Buraco do Padre.


Pedágios

1º Pedágio: R$7,60

2º Pedágio: R$10,80.


Dias/horários de funcionamento?

Quarta à domingo, das 9h às 17h.

*Saída obrigatória do parque até 19h.


Quanto?

Inteira: R$10,00.

Meia: R$5,00.


Contato

(42)3220-2666

buracodopadre@aguiaflorestal.com.br

www.buracodopadre.com.br

Facebook: buracodopadreoficial

Instagram: @buracodopadre


Dress code

Roupas confortáveis, com roupa de banho (biquini/sunga) por baixo, pois para entrar no Buraco do Padre vocês vão se molhar.


O que levar?

Toalha, chinelo, repelente, protetor solar, comida e bebida que for consumir durante o dia (não há estabelecimentos que vendam esses produtos). Sei que corro o risco de me tornar repetitiva, mas vou encarar: leve máquina fotográfica! O Buraco do Padre é magnífico e vai deixá-lo boquiaberto. 20 fotos/vídeos não serão suficientes, então vocês já sabem: quanto mais fontes de foto/vídeo tiver, melhor.


Não percam a oportunidade de conhecerem o Buraco do Padre, vão ficar impressionados e com vontade de voltar. Quando forem, não esqueçam de mim, hein? Compartilhem aqui suas experiências e falem que foi dica do WNP 😉

Why not Buraco do Padre? Por quê não Buraco do Padre? Confiram o vídeo no canal do YouTube:

Obs.: Sexta-feira também é dia de coluna do WNP no Jornal do Ônibus de Curitiba, confiram: http://www.jornaldoonibusdecuritiba.com.br/noticia/45467/canion-guartela-o-maior-do-brasil


Advogada por profissão, escritora por hobby e viajante por paixão.

8 COMMENTS

  • Está morando bem, hein Tia Ana? Lugar lindo e inspirador.
    Agora entendo seu estado de espírito e sua alegria de viver.

    Reply
    • A Tia Ana realmente tá morando maaaaal… Só que não! Com o Buraco do Padre como quintal de casa não tem tempo ruim!

      Reply
  • Parabens pela reportagem Aninha e Felipe!!

    Esperamos receber mais visitas ! Da próxima vez com a familia inteira. Serão sempre bem vindos!

    Beijosss!

    Reply
    • Obrigada Rodrigo!!! Nós é que agradecemos pela dica de ouro e por terem nos recebido tão bem!! Vamos combinar com todos juntos sim!! Beijão

      Reply
  • Parabéns pelo post! Muito legal conhecer mais do nosso Paraná!

    Reply
    • Obrigada Rafa!! Viu só como têm opções bem legais no nosso Estado?

      Reply
  • Meu Deus que lugar é esse???? MARAVILHOSO! Preciso conhecer, ainda mais sendo pertinho de Curitiba! Dica TOP !!!!

    Reply
    • É um verdadeiro tesouro paranaense! Vale MUITO apenas conhecer! Dá para ir e voltar no mesmo dia, como eu fiz! 🙂

      Reply

WRITE A COMMENT