Culture, Salzburg, [:pt]Áustria[:][:en]Austria[:]

(Português) Mozart e a sua surpreendente cidade natal

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

O post de hoje é dedicado à Salzburg, na Áustria, que foi a grande surpresa da viagem que fiz agora pela Europa. A cidade natal de Wolfgang Amadeus Mozart sequer estava nos nossos planos. Mas nossa visita ao Castelo de Neuschwanstein nos proporcionou, além de um visual incrível, a amizade de um casal gaúcho queridíssimo: a Sui e o Thiago. Nossos amigos haviam planejado conhecer Salzburg no dia seguinte aos nossos passeios ao castelo e a Füssen e nos convidaram para acompanhá-los. Sem nem pensarmos direito, eu e meu namorado nos jogamos de cabeça e fomos com eles. Primeiramente pela companhia, é claro, mas também pela oportunidade de conhecer um destino inesperado por um preço inacreditável. Apesar de Salzburg ficar na Áustria (nós quatro estávamos hospedados em Munique), ela é uma das cidades integrantes do Bayern ticket. Vocês já devem estar cansados de eu falar desse bilhete de trem, mas acreditem, vale muito a pena. Como éramos em quatro viajando juntos, o valor do Bayern ticket era 23 euros por pessoa + 5 euros adicionais a cada novo acompanhante. Logo, a conta total ficou em 38 euros, divididos por 4 = 9,50 euros (na segunda classe). Menos de 10 euros para viajar da Alemanha para Áustria, não tínhamos como dizer não. A duração da viagem é um pouco menos de 2 horas. O trem era confortável e a viagem foi tranquila.

Nossa primeira parada foi a casa onde Mozart viveu com a sua família na adolescência (Mozart Haus= Residence = casa. Lembrando que na Áustria também falam alemão!). Cuidado, pois há duas casas de Mozart que viraram museus abertos à visitação na sua cidade natal, Mozart Residence e a Mozart birthplace (casa onde ele nasceu). Nós visitamos apenas a primeira. Esta abre todos os dias, das 9h às 17h30m (sendo a última admissão às 17h). Nos meses de Julho e Agosto ela funciona até as 20h30m (última admissão às 19h). O endereço é: Makartplatz 8, A-5020 Salzburg.

thumb_IMG_5119_1024

Caso tenham interesse em visitar a casa de seu nascimento, acessem as informações por aqui.

Retornando à residência dele, não é permitido tirar fotos no seu interior. Eles fornecem, gratuitamente, na entrada um áudio guia. Cada objeto que requer algum tipo de explicação possui um número (digitem no controle e apertem play). Caso não queiram escutar todos, basta pular alguns. O que achei legal é que o intervalo entre as explicações é preenchido por trechos de obras do músico. Também foi top para saber mais coisas sobre a vida pessoal dele. Vocês sabiam que o seu pai, Leopold Mozart, também foi um grande músico? E que a sua irmã mais velha, Maria Anna, era uma respeitada pianista? A música estava no sangue da família, mas ninguém tinha o dom de Wolfgang. E, mesmo assim, o amor e a admiração entre os irmãos eram mútuos. Enquanto o relacionamento entre o pai e o filho era conturbado. Infelizmente, Mozart morreu antes de completar 36 anos. Há diversas teorias sobre a causa de sua morte, mas a mais aceita é a de que, devido a seus graves problemas financeiros, teria aceitado encomendas musicais até a sua exaustão. Antonio Salieri, conhecido por ter sido seu rival artístico, seria um dos responsáveis pela exagerada carga de trabalho imposta a ele.

Ficaram curiosos sobre a vida dele e não querem esperar até visitar o museu? Anotem aí um filme que vocês têm que ver: “Amadeus”, de 1984. É excelente, não a toa concorreu a 53 prêmios!! Recebeu 40, dentre eles, 8 Oscars (incluindo Melhor Filme e melhor Ator coadjuvante, para o ator F. Murray Abraham que interpretou o “vilão” Salieri).

Para quem gosta de música, a visita é imperdível. A entrada pode ser adquirida no local. Seguem os preços:


Adultos: 10 euros;

Grupos com mais de 10 pessoas/ estudantes com menos de 27 anos/idosos: 8,50 euros;

Jovens entre 15 e 18: 4 euros;

Família (dois adultos e crianças com menos de 18 anos): 21 euros;

Grupo escolar: 3,50 euros (por aluno);


Depois fomos na principal atração de Salzburg, a Festung Hohensalzburg, que significa “Fortaleza do Alto Salzburg”.

Construída em 1077 pelo arcebispo Gebhard, fica no topo leste da montanha Mönchsberg e possui uma privilegiada vista das montanhas e da cidade de Salzburg.

O edifício já foi residência real, prisão, centro de torturas, alojamento militar e um forte. Atualmente, o complexo possui o castelo, um museu de marionetes e um museu de tortura. Além disso, há um mirante no alto da torre.

thumb_IMG_5309_1024

As marionetes são muito famosas lá!
As marionetes são muito famosas lá!

Para quem não gosta de caminhar tem um funicular que faz o percurso até o pátio do castelo a cada 10 minutos.

Nós fomos a pé, pela rua Festungsgasse, o que eu recomendo, pois assim vocês já aproveitam para conhecer também o centro histórico que é lindo.

thumb_IMG_5128_1024

thumb_IMG_5139_1024

thumb_IMG_5390_1024

Violinista excepcional tocando na praça. Há muitos músicos tops tocando na rua.
Violinista excepcional tocando na praça. Há muitos músicos tops tocando na rua.

No caminho vocês vão passar pela loja da Swarovski. Não sei se vocês sabiam, mas a famosa loja de cristais é austríaca.

thumb_IMG_5142_1024

thumb_IMG_5141_1024

Voltando à fortaleza, os ingressos são cobrados e há dois tipos: “standard” e “basic”. Seguem os preços:


Adultos: 11,50/9,20 euros;

Crianças (6 a 14 anos): 6,60/5,20 euros;

Família (máximo de três crianças): 25,50/20,40 euros;

Grupos de até 10 pessoas:10,60/8,50 euros;


Basic: áudio guia + museu da fortaleza + museu da tortura + museu das marionetes + funicular (ida);

Standard: áudio guia + museu da fortaleza + museu da tortura + museu das marionetes + apartamentos estatais + teatro mágico + área do castelo + funicular (ida).

thumb_IMG_5276_1024

Funicular
Funicular

Nós fizemos o básico. O museu da tortura foi o mais impressionante. Como na época as condenações dependiam da confissão do acusado, os torturadores usavam métodos e objetos cruéis para força-los a admitir o cometimento de crimes.

thumb_IMG_5334_1024

thumb_IMG_5337_1024

Para encerrar o passeio à Fortaleza, fomos ao mirante que proporciona uma vista deslumbrante do centro histórico e da natureza.

thumb_IMG_5348_1024

thumb_IMG_5349_1024

thumb_IMG_5351_1024

Voltamos para Munique a noite, muito satisfeitos. E, lembrando, que como tínhamos o Bayern Ticket podíamos retornar em qualquer um até as 3h do dia seguinte.

thumb_IMG_5262_1024
Da esquerda para a direita: Eu, Filipe, nossos amigos Thiago e Sui (de gorro) e Lidia (curitibana que conhecemos lá em Salzburg). Castelo De Hohensalzburg ao fundo.

Espero que o post tenha despertado a vontade de vocês visitarem Salzburg! E, caso tenha ficado alguma dúvida ou queiram sugerir ou acrescentar algo, não deixem de comentar 🙂

Advogada por profissão, escritora por hobby e viajante por paixão.

10 COMMENTS

  • Cidade inspiadora e bela. Salzburg berço de grandes artistas como Mozart um convite a cultura e o conhecimeto. Parabéns pela matéria.

    Reply
    • Disse tudo Pedro!! Salzburg é um convite à cultura e ao conhecimento!! Obrigada 😉 Fica de olho que hoje a noite tem mais!!

      Reply
  • Nossa! Muito show o post Ana. Realmente a cidade nos surpreendeu, é tanta beleza e história que um dia é pouco para conhecer tudo o que a cidade tem a oferecer. Recomendo a todos que puderem a conhecer Salzburg.
    Ainda bem que aceitaram nosso convite! Kkkkk

    Reply
    • Thiago!! Fiquei muito feliz que gostou do post!! Ele é resultado do convite maravilhoso feito por vocês! Aceitar este convite foi um dos pontos altos da nossa viagem, sem dúvidas!! Primeira viagem juntos de muitas que virão hein? Pessoal, não percam a chance de conhecer esta cidade surpreendente!!

      Reply
  • Adorando acompanhar o seu blog Ana! Quero ver logo um post especial quando vc vier me visitar em Chicago hahaha Parabéns e muuuito sucesso!

    Reply
    • Giii querida!! Obaa, que bom, obrigada!! Se uma pessoa tão viajada quanto você está gostando sinto que estou no caminho certo!! Opaa, não vejo a hora de ir te visitar! Com certeza a visita renderá um post muito top!! Beijão

      Reply
  • Muito bacana!! Parabéns pelo post!!

    Reply
    • Rafa, muito obrigada!! Fico feliz que está acompanhando o blog!! Já pense em Salzburg na sua próxima ida à Europa hein??? Hoje tem mais 🙂

      Reply
  • Com certeza, depois destas dicas, quando eu for para Munique vou dar uma passadinha em Salzburg

    Reply
    • Vai mesmo Nana, não vai se arrepender 😉 Não esquece de me contar o que achou! Beijão

      Reply

WRITE A COMMENT