Cultura, Füssen, [:pt]Alemanha[:][:en]Germany[:]

Füssen, mais do que uma estação intermediária

Füssen é um verdadeiro encanto!

 

Dando continuidade ao post anterior, sobre o mágico castelo de Neuschwanstein, hoje compartilharei com vocês o que a cidade de Füssen tem a oferecer.
Conforme expliquei naquele, o caminho até o castelo se dá de trem até a cidade de Füssen, de onde saem os ônibus para a região de Hohenschwangau (onde ficam os castelos e o museu dos reis da Bavária).
Na volta resolvemos parar na cidade para almoçar e no final das contas ficamos encantados com a pitoresca cidadezinha e adiamos o nosso retorno a Munique para desvendar os seus segredos.
Dividida em ruelas tortuosas, com prédios baixos colados uns aos outros, Füssen impressiona pelo capricho de suas edificações no estilo medieval.

fussen

Ao caminhar pelas vielas voltamos no tempo pelas lojas pequenas e charmosas, bem como pela singeleza de seus moradores receptivos aos turistas.
Os produtos vendidos são fabricados na própria região e apresentam referências da Baviera. Os materiais mais utilizados são o couro, a madeira e o tricot.

fussen

Cada corredor revela um novo universo, abrindo para uma nova praça ou centro de lojas.

fussen2

O calçadão principal se chama Reichenstrasse.
Quando estivemos lá havia nevado, portanto o cenário branquinho deixou a cidade ainda mais encantadora.

fussen

fussen

Não a toa, Füssen faz parte do roteiro romântico da Alemanha.

Além disso, a cidade de maior altitude na Baviera, é rodeada por montanhas e lagos.

O topo do monte Calvário (Kalvarienberg) garante a vista dos castelos de Neuschwanstein e de Hohenschwangau depois de uma caminhada de aproximadamente 30 minutos. Infelizmente, não tivemos tempo de conferir.
Havíamos planejado retornar a Munique às 18h, mas acabamos ficando até mais de 20h. Não há nenhum ponto turístico em específico, mas andar pelas ruas já vale a visita, sobretudo para quem estiver voltando de Neuchwanstein.
A única coisa que vocês têm que tomar cuidado é com os horários dos trens de volta para Munique, pois nós não verificamos com antencedência e quando chegamos na estação não havia mais trechos diretos. Como nós tínhamos o Bayern ticket, que vale para o dia todo da aquisição (a partir das 9h até às 3h do dia seguinte) para qualquer trem local (S-Bahn), metrô/U-Bahn, ônibus e bondes na região da Bavária conseguimos pegar o próximo. Porém, a viagem foi mais longa. Sendo assim, se organizem para evitar este tipo de inconveniente. E, mais uma vez, reitero que a compra do Bayern ticket é a melhor opção para quem visita a Baviera alemã. Instruções de compra aquihttp://whynotpack.com.br/blog/era-uma-vez/

Espero que tenham gostado do post. Ficou alguma dúvida? Deixem suas perguntas nos comentários abaixo.

Advogada por profissão, escritora por hobby e viajante por paixão.

ESCREVA UM COMENTÁRIO