Novidades

Um hóspede indesejado

Da noite para o dia, as notícias e canais de comunicação do mundo inteiro foram invadidas por um visitante inesperado e sorrateiro.
Sem pedir licença ele invadiu o ar, viajou pelo rosto da primeira pessoa que encontrou, e se fez hóspede das suas vias respiratórias.
Sua presença irritante e inconveniente a fez expulsá-lo por tosses e espirros incontroláveis.
Mas esse sujeito, com nome e sobrenome, ainda não tinha data de retorno.
Daquele voo procurou outros hospedeiros e se multiplicou!
Sua estadia causou mal estar, febre e até tosse.
Uma “simples gripe”, muitos pensaram.
Até que o primeiro destino daquele passageiro indesejado, atingiu altas temperaturas, desequilibrando toda a sua estrutura.
A cada dia mais anfitriões do tal Corona Vírus davam entrada nos hospitais chineses.
Ágil e esperto como só ele, não esperava uma brecha para pular em outra boca, rosto, mão, maçaneta e superfície.
Como os seus hospedeiros também não paravam quietos, quando se deu conta já havia atravessado a Ásia, a Europa, a América do Norte e, agora, a América do Sul.
Em apenas 3 meses.
Acontece, COVID-19, que seu modus operandi não é mais segredo.
Você gosta de ambientes lotados e sujos, onde há troca de objetos e saliva.
Higiene contínua, álcool em gel, distanciamento social e isolamento são seus maiores inimigos.
Não adianta insistir! Pode bater as nossas portas, tocar nossas campainhas, enviar convites para festas e shows e, até espernear! Não vamos abrir, responder ou aceitar.
Não é sobre você! É sobre nós.

Advogada por profissão, escritora por hobby e viajante por paixão.

5 COMENTÁRIOS

  • Ameeeeeeei ❤️

    Responder
  • LINDO ANAAAA!!

    Responder
  • Muito bom texto. Quase um poema para tocar corações e despertar a mente daqueles que ainda estão céticos sobre a letalidade desse hóspede indesejado! Parabéns! Beijo virtual!

    Responder
  • É isso. Obrigada, amiga! ♥️

    Responder
  • Obrigada pelas palavras de força e esperança em meio a este caos. Belo texto, como sempre. Beijos

    Responder

ESCREVA UM COMENTÁRIO