Califórnia, LIVE, Novidades, USA, Vale do Silício

Vale do Silício: guia prático

Tudo o que você precisa saber

O 2º episódio do Why Not Live que foi ao ar ontem no Facebook deu o que falar! O Vale do Silício, transformou meu amigo e advogado Lucas Ceschin em um empreendedor. Com base na experiência vivida lá, ele desenvolveu junto com seus sócios o app James Delivery, que veio para facilitar nossas vidas corridas. Como prometido, partiu resumir as principais informações compartilhadas pelo Lucas!

O que é?

Todo mundo fala, diz que curte e faz o intelectual, mas a verdade nua e crua é: a maioria não sabe o que é esse tal Vale. Chega de achismos galera! O Vale do Silício corresponde à região da Califórnia, nos EUA, que vai desde a grande São Francisco até San Jose. Segundo o Lucas, mal dá para dimensionar onde uma cidade acaba e outra começa, são todas grudadinhas. Aos curiosos de plantão, com sede de conhecimento exato, dentre elas estão: Palo Alto (sede do Facebook e da Universidade de Stanford), Mountain View (sede do Google), Redwood City, Berkeley (sede da UC Berkeley).

Como puderam perceber pelos exemplos de empresas e universidades localizadas lá, o “Silicon Valley”  é a “meca da tecnologia no mundo” (adorei essa expressão do Lucas). 

Enquanto engatinhamos para o presente da tecnologia e era digital, no Vale o futuro já chegou. 

Exemplos de empresas no Vale

Google, Facebook, Tesla, Oracle, Space X.

Por que o Vale do Silício?

Ao contrário do que muitos pensam, o nome não se deve à extração do silício, mas sim à matéria prima dos chips. Até hoje eles são feitos de silício, o que levou à denominação.

Todavia, os americanos utilizam um termo mais genérico: “Bay area“, a área da Baía de São Francisco.

Por que foi para lá?

Graduado em Direito no Brasil, exerceu a advocacia por breves anos. Embora gostasse da área sentia que poderia voar mais longe e abrir seu próprio negócio. Um amigo, administrador, encontrava-se na mesma situação e havia encontrado um programa de estudo na UC Berkeley. 

Disposto a correr atrás do seu sonho, deixou o juridiquês de lado (ou quase haha) e fez as malas para a Califórnia junto com o seu atual sócio. 

Qual curso?

International Diploma Program in Business Administration e em Finance na UC Berkeley Extension.

valedosilício9

Durante o curso, conheceram mais dois curitibanos e juntos viram na Universidade a oportunidade para desenvolverem juntos uma empresa que mudaria suas vidas: o app James Delivery.

valedosilício
Foto tirada no Congresso Pioneer Summit. O robô gigante foi feito para guerra de robôs.

 

Robô de patrulha, criado para substituir a segurança humana. Usado para segurança dos campos do Google, do shopping de Stanford, dentre outros. Vale do Silício.
Robô de patrulha, criado para substituir a segurança humana. Usado para segurança dos campos do Google, do shopping de Stanford, dentre outros.

Por que estudar no Vale?

A atmosfera do Vale respira juventude, empreendedorismo, inovação e tecnologia, que por si só servem de inspiração e motivação para criar. Aliado a isso, as Universidades e o mercado conversam entre si, proporcionando as chances de aplicar os conhecimentos adquiridos na prática. O que, no geral, não ocorre no Brasil.

Por fim, concentra jovens do mundo todo, de diferentes culturas, criando um networking que não tem preço!

Um exemplo da experiência do Lucas se deu com o grupo de estudantes japoneses da selfie abaixo:

valedosilício4

O Banco SoftBank tem um plano de reconstrução do Japão, mais especificamente das regiões afetadas pelos desastres naturais. Para tal, o mesmo envia 100 jovens de 18 anos de alto impacto para o Vale do Silício para que eles aprendam sobre inovação e empreendedorismo.

Dotados do conhecimento adquirido, este retornam ao Japão para coloca-lo em prática. Por meio do seu estágio (explicarei na sequência), o Lucas teve a oportunidade de fazer uma palestra para eles.

Baita experiência, hein?

Summer internship 

Durante o verão, nosso convidado fez um estágio na Global Silicon Valley (GSV) Labs, uma aceleradora de start ups de um fundo de investimentos chamado GSV Capital.

valedosilício7
De boa manuseando um drone no trabalho.
O homem vestido de astronauta representa o "moon shot", termo utilizado para definir as ideias mais loucas.
O homem vestido de astronauta representa o “moon shot”, termo utilizado para definir as ideias mais loucas. Foi uma espécie de brincadeira para instigar a criação.
Lucas recebe prato de presente de representantes de uma empresa chinesa que foi até a GSV Labs. A oferta de presentes é um costume chinês como forma de agradecimento pelo convite.
Lucas recebe um prato de presente de representantes de uma empresa chinesa que foram até a GSV Labs. Como forma de agradecimento por um convite, a oferta de presentes é um costume chinês.

Duração

1 ano (programa de estudos na UC Berkeley + estágio).


E aí? Queremos ou queremos ir para o Vale do Silício? Para maiores informações acessem o vídeo no Facebook! Quem ainda não curte a fan page do WNP, está esperando o que? Bóra curtir para não perder os próximos lives! 

Why not Silicon Valley? 

Advogada por profissão, escritora por hobby e viajante por paixão.

ESCREVA UM COMENTÁRIO